CFDs são instrumentos complexos e implicam um alto risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 87.41% das contas de pequenos investidores perdem dinheiro com a negociação de CFD com este fornecedor. Deve ponderar se compreende como os CFDs funcionam e se pode assumir o alto risco de perder o seu dinheiro.

Scan to Download ios&Android APP

Garantia

Informações básicas sobre a garantia
Share this article

O que é uma garantia?

Para que não seja confundida com o filme de Tom Cruise com o mesmo nome (“Collateral”), uma garantia é constituída por propriedade ou outro ativo prometido a um mutuante para ajudar a obter um empréstimo. Quando pedimos dinheiro emprestado, acordamos com o facto de um credor poder reter algo de nós no caso de falharmos o pagamento de uma dívida. A isto chama-se empréstimos com garantia.

Onde ouviu falar de garantias?

Um exemplo comum de garantia na vida do quotidiano é quando assumimos uma hipoteca para comprar uma casa. A propriedade funciona como garantia. Se não cumprir com os pagamentos do empréstimo ao abrigo das condições de acordo de hipoteca, o seu credor pode tomar posse do seu imóvel.

O que precisa de saber acerca de garantias...

As garantias funcionam como títulos para os mutuantes e, por isso, este tipo de empréstimo tem frequentemente melhores taxas de juro do que empréstimos sem garantia uma vez que o risco envolvido é menor. Se pedir dinheiro emprestado através de um cartão de crédito, não existe garantia e, por isso, é provável que a taxa de juro seja significativamente mais elevada do que no caso de uma hipoteca ou crédito pessoal.

No caso de negociação com margem, o investidor pede emprestada parte do montante necessário para comprar ações ao corretor que está a negociar a transação. O investidor utiliza os títulos na sua conta de corretagem como garantia no caso de um pedido de reforço de margem. O corretor pode liquidar os títulos de um investidor a fim de cumprir a margem de manutenção se o investidor for incapaz de depositar atempadamente os fundos necessários.

Há 5 tipos principais de garantias - bens de consumo, equipamento empresarial, produtos agrícolas, inventário de ações e obrigações. Muitas novas empresas têm de prestar garantia porque ainda não apresentam um historial comprovado de obtenção de lucros.

Ainda à procura de uma corretora em que possa confiar?

Junte-se aos mais de 475.000 negociadores em todo o mundo que escolheram negociar com a Capital.com

1. Crie e verifique sua conta 2. Faça um depósito 3. Encontre a sua negociação