Previsão do preço das ações da Unilever: será que a voltará a testar o

04:30, 2 December 2021

Share this article

Have a confidential tip for our reporters?

Previsão do preço das ações da Unilever

O preço das ações da Unilever (ULVR) perdeu mais de 110% do seu valor nos últimos 12 meses dado que a ação defensiva foi colocada de lado por alternativas à recuperação da pandemia. Além disso, as preocupações com a inflação têm pesado sobre as perspetivas relativas à ação.

Será que o gigante dos bens de consumo consegue recuperar?

Neste artigo, analisamos os resultados de ganhos mais recentes da empresa, a performance do preço das suas ações e as mais recentes previsões do preço das ações UNLR por parte dos analistas.

Como é que tem sido o desempenho o preço das ações Unilever em 2021?

O preço das ações ULVR tem vindo a tender pelo lado negativo desde o final de outubro de 2020, quando o preço estava nos 49,38 £. Foi nesta altura que o mercado começou a preferir ações de valor em relação às defensivas.

A Unilever é considerada uma ação “defensiva” cara, oferecendo o nível de crescimento que poderia encontrar-se entre as ações cíclicas – aquelas mais intimamente ligadas à saúde da economia.

A Unilever iniciou este ano a cerca de 44,00 £. Esta caiu para um mínimo de 37,21 £ a 1 de março após os resultados do 4ºT. de 2020 e as desapontantes notícias sobre as margens e fortes custos de reconstrução nos dois anos seguintes. De seguida, o preço das ações alcançou um máximo em março, atingindo um máximo a cinco meses de 43,88 £ em julho.

Após a publicação dos resultados do 1º S. de 2021 da Unilever a 22 de julho, o preço das ações começou a cair novamente. A 5 de setembro, as ações terminaram a sessão de negociação nas 39,78 £ por ação.

As preocupações relativas à inflação ofuscaram os números positivos

A Unilever plc publicou os seus resultados financeiros para a primeira metade de 2021 a 22 de julho. Eles ultrapassaram as expetativas. O gigante de bens de consumo permaneceu no caminho certo para proporcionar um crescimento de 3%-5% das vendas em 2021. Este reportou um crescimento das vendas subjacentes de 5,4%, ligeiramente acima das previsões dos analistas, levando a receita para os 25,8 mil milhões de EUR (22,2 mil milhões de GBP). Os lucros pré-impostos situaram-se nos 4,4 mil milhões de EUR um ano antes.

O aumento na receita adveio de um reforço de 1,4% nas aquisições serem compensadas por um vento contrário de 6,1% devo à taxa de cambial. As vendas de comércio eletrónico subiram 50% e representam agora 11% de todas as vendas.

Apesar dos números favoráveis, os investidores ficaram assustados após o gigante de bens de consumo ter avisado que o aumento dos preços dos bens de consumo, bem como os maiores custos de transporte e embalagem, estavam a começar a comer a rentabilidade.

As subidas de preço dos óleos de palma e de soja foram significativas. O óleo de palma, utilizado no fabricado de sabões e shampoos, subiu 70% na primeira metade do ano. Entretanto, o preço do óleo de soja, utilizado para fazer a maionese Hellman’s da empresa, entre outros molhos, subiu 80%, mais 21% do que no primeiro trimestre. Além disso, o petróleo crude subiu cerca de 60% na primeira metade do ano – é utilizado no fabrico de marcas de limpeza para o lar, como Cif e Domestos.

Finalmente, segundo o diretor executivo da Unilever Alan Jope, os custos de envio também aumentaram 50%.

As preocupações relativas à inflação ofuscaram os números positivos

Estas subidas de preço significaram que a margem de lucro da operação subjacente, que é frequentemente considerada um valor chave para os analistas, caiu 1% durante a primeira metade do ano para 18,8%. Prevê-se que as margens de lucro sejam nulas durante todo o ano. A Unilever tinha anteriormente previsto que a margem de lucro regista-se um pequeno aumento em 2021.

Após os resultados, o preço das ações caiu 6%. A principal preocupação é que estas subidas de preço serão passadas para o consumidor. Anteriormente, a força da marca teria permitido que a Unilever o tivesse feito sem demasiados problemas, mas o facto de que as ações caíram assim tanto sugere que os investidores têm as suas dúvidas.

Gráfico de preços das ações da Unilever: o cenário técnico

Segundo o gráfico de preços das ações da Unilever, as ações têm vindo a ser negociadas num canal decrescente desde 22 de julho. O preço das ações está atualmente a testar a faixa mais baixa do canal decrescente. A ação está a ser negociada abaixo das suas médias móveis simples (SMAs) de 50 até 200 no gráfico diário, e a SMA 50 passou abaixo da SMA 200 num sinal de gráfico bearish de potencial venda em massa. A divergência e convergência média móvel (MACD) também suporta mais descidas.

Gráfico de preços das ações da Unilever: o cenário técnico

Uma passagem abaixo da faixa inferior do canal decrescente poderá ver o preço das ações a estender as perdas para as 37,26 £, o mínimo de 2021, antes das 35,78 £, o mínimo de meados de março de 2020, surgir no cenário.

Pelo lado positivo, a faixa superior do canal, além da SMA 50 e da SMA 200 formam uma zona de resistência de sensivelmente 41 £ a 42 £. Uma passagem acima deste nível poderia negar a tendência de descida a curto-prazo e assistir aos compradores a ganharem tração para as 45,10 £, o máximo de 2021 atingindo no início de janeiro.

Previsão do preço da ações da Unilever para o resto de 2021 e mais além: perspetiva dos analistas

As preocupações relativas à subida de custos das matérias-primas com o potencial para afetarem os resultados financeiros da empresa levaram a que alguns bancos de investimento adotassem uma perspetiva bearish sobre o setor de bens de consumo como um todo.

O JP Morgan Cazenove cortou a sua previsão de ganhos em 2% de modo geral. A empresa de corretagem disse numa nota aos clientes: “Apesar da performance abaixo do espero do setor de bens de consumo desde junho, o valor permanece elevado e corre o risco de assistir a uma diminuição dos lucros, bem como a um aumento potencial dos rendimentos.

“Esperamos que o setor de bens de consumo permaneça polarizado entre os ganhadores de elevado valor (beleza, espirituosas e ingredientes) e de avaliar os intervenientes em risco com perspetivas de descida.”

O JP Morgan Cazenove diminui a ação para sobreavaliada.

A analista de mercado sénior no City Index, Fiona Cincotta, também é cautelosa. Na sua análise das ações da Unilever enviada para a Capital.com, ela disse: “Embora esta ação defensiva tenha tido um forte papel no início da pandemia, a sua perspetiva parece cada vez mais trémula. Os preços dos bens de consumo dispararam e estão a demonstrar poucos sinais de alívio.

“A performance do preço das ações da Unilever durante o próximo ano dependerá amplamente de conseguirem ultrapassar essas subidas de preço que estão para vir. A incapacidade de convencer os consumidores em continuarem a comprar produtos Unilever a um preço mais alto poderá ver o gigante de bens de consumo a perder cota de mercado e a perspetiva negativa poderá continuar.”

Mas nem todos os analistas são bearish na sua previsão das ações Unilever. A 29 de junho, o analista do Goldman Sachs John Ennis reiterou a sua classificação de compra e o preço alvo de 48,00 £.

Segundo a MarketBeat, 11 analistas emitiram classificações da Unilever nos últimos 12 meses. O preço alvo médio a um ano está agora nas 43,50 £, com os alvos máximo e mínimo nas 55,00 £ e 35,00 £, respetivamente. Há atualmente seis classificações de compra, duas classificações de espera e 3 classificações de venda, resultando num consenso de espera.

O website de previsão de preço baseado em algoritmos Wallet Investor definiu a sua previsão do preço das ações da Unilever a um ano para 39,89 £. Olhando mais adiante, o serviço prevê que o preço das ações andará mais baixo, nas 38,18 £, no terceiro trimestre de 2025, representando uma perda de 4% relativamente ao preço de hoje.

PREVISÃO DO PREÇO DAS AÇÕES ULVR A UM ANO

Quando consideramos os comentários ou previsões dos analistas de serviços de previsão baseados em algoritmos, é importante ter em consideração que estes podem enganar-se nas suas estimativas. Deve realizar sempre a sua respetiva pesquisa para formar uma opinião sobre a perspetiva de um ativo e as condições de mercado relevantes.

Perguntas Frequentes

Os produtos da Unilever têm sempre procura, independentemente das condições económicas. Os seus produtos são pretendidos tanto em períodos de más como de boas condições económicas, e por esse motivo estas ações são consideradas “defensivas”.

O facto de uma ação adequar-se ao seu portefólio depende das suas circunstâncias pessoas, período de investimento e tolerância ao risco. Além disso, nunca invista dinheiro que não pode dar-se ao luxo de perder.

Analisando a performance financeira da Unilever, a perspetiva é mista. A empresa está a apontar para um crescimento sólido mas insípido de 3% a 5%. No entanto, os ganhos por ação (EPS) poderão descer ligeiramente caso os preços dos bens de consumo continuem a aumentar.

Realize sempre a sua respetiva pesquisa sobre as empresas nas quais está interessado em comprar ações.

A classificação de consenso sobre as ações da Unilever é de “espera”, com um preço alvo médio de 43,50 £, tendo como base os dados da MarketBeat relativos aos 11 analistas que cobrem a ação.

Depende inteiramente de si acreditar, ou não, nas previsões sobre as ações ULVR por parte dos analistas. É sempre essencial que realize a sua respetiva pesquisa. Tenha em consideração que a performance passada não é um indicador de retornos futuros.

Capital Com is an execution-only service provider. The material provided on this website is for information purposes only and should not be understood as an investment advice. Any opinion that may be provided on this page does not constitute a recommendation by Capital Com or its agents. We do not make any representations or warranty on the accuracy or completeness of the information that is provided on this page. If you rely on the information on this page then you do so entirely on your own risk.

Ainda à procura de uma corretora em que possa confiar?


Junte-se aos mais de 380.000 negociadores em todo o mundo que escolheram negociar com a Capital.com

1. Crie e verifique sua conta

2. Faça um depósito

3. Encontre a sua negociação